domingo, 1 de junho de 2014

Reponho uma poesia do poemário Sombras luminosas:

Duende com rosas...

...de súbito a luz que te inunda o sorriso
é um duende que caminha pelo teu rosto
procurando a sombra das rosas.

António Eduardo Lico

6 comentários:

  1. Que duende bom, morando por luzes de sorrisos e cheiros de rosas.

    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida, é bom para o duende.
      Boa semana.
      Beijos.

      Eliminar
  2. um duende como um raio de luz no jardim entre rosas, naturalmente...que belo sorriso num belo rosto.
    um abraço

    ResponderEliminar