domingo, 16 de março de 2014

Reponho uma poesia do poemário O canto em mim:

Despertai deuses antigos

Oh deuses antigos, despertai
do vosso olímpico sono,
vinde à Terra das Laranjas
e trazei o sagrado mosto
das antigas libações.
Oh deuses antigos, vinde,
vinde à Terra das Laranjas,
trazei o sopro antigo
que do mosto fazia o vinho
e tornava as profecias
em eternas melodias.

António Eduardo Lico

8 comentários:

  1. Olá.
    Às vezes, o astral está lá embaixo. Finja que não é com você. Não se deixe cair. E se cair. Levante. Não se deixe vencer, nem pela tristeza e nem pela Saudade. Os laços afetivos hoje em dia, estam sempre mais distantes. E os amigos. Ora, os amigos. Que todos nós, tenhamos um dia de Domingo, bom. Agradável. Bom dia. Bom dia de domingo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado caro José Maria.
      Bom Domingo e boa semana.
      Abraço.

      Eliminar
  2. uma prece aos Deus, que se fez um belo canto.

    :)

    ResponderEliminar
  3. Há sempre um lirismo se derramando dos seus poemas, Este mosto das antigas libações, às vezes, faz uma falta...
    Abraços, amigo,

    ResponderEliminar